Infertilidade

Cerca de 15% dos casais atualmente apresentam dificuldades para engravidar. Infertilidade é definida como a incapacidade de engravidar mantendo relações sexuais freqüentes e sem uso de contraceptivos por pelo menos um ano. A infertilidade pode decorrer de uma única causa no homem ou na mulher ou em alterações em ambos os dois. Atualmente, contudo, há diversos tratamentos efetivos para tratar a infertilidade. Estes tratamentos podem envolver a causa da infertilidade ou podem objetivar a reprodução assistida.

Um casal deve procurar tratamento de infertilidade quando:

–       tentando gestação há mais de um ano

–       tentando gestação há mais de seis meses para mulheres acima de 35 anos

–       desejo de engravidar para mulheres acima de 40 anos

–       homem ou mulher tem conhecidamente problemas de fertilidade

–       tratamentos prévios, como quimioterapia ou radioterapia

As causas de infertilidade masculina podem incluir:

Produção anormal de espermatozóides devido a vários problemas, tais como testículos que não desceram , defeitos genéticos, problemas de saúde como diabetes , ou infecções como caxumba. Veias dilatadas nos testículos ( varicocele ) pode aumentar o fluxo sanguíneo e a temperatura para os testículos, que afeta o número e forma dos espermatozóides .

Problemas com a liberação dos espermatozóides devido a problemas sexuais, como ejaculação precoce ; sêmen entrar na bexiga em vez de emergir através do pênis durante o orgasmo ( ejaculação retrógrada ); certas doenças genéticas , tais como fibrose cística ; problemas estruturais , tais como bloqueio de parte do testículo que contém espermatozóides ( epidídimo ) ; ou dano ou prejuízo dos órgãos reprodutivos .

Superexposição a determinados fatores ambientais , como pesticidas e outros produtos químicos , radiação ou a certos medicamentos , tais como esteróides anabolizantes, ou marijuana. Além disso, a exposição freqüente ao calor, como em saunas ou banheiras de hidromassagem , pode elevar a temperatura do corpo , prejudicando a produção de espermatozóides .

Danos relacionados ao câncer e seu tratamento, incluindo a radiação ou quimioterapia. Tratamento para câncer pode prejudicar a produção de espermatozóides , às vezes severamente . A remoção de um testículo devido ao câncer também pode afetar a fertilidade masculina.

Todo casal que apresenta dificuldades para engravidar deve ser avaliado pelo ginecologista (a mulher) e pelo urologista (o homem).